Sistema de bibliotecas da UFRN
Notícia
Decom lança a décima edição da revista Tabu 20/07/2022

Larissa Araújo - Agecom/UFRN

 

O Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Decom/UFRN) realiza, nesta quinta-feira, 21, a partir das 18h, o lançamento da décima edição da revista Tabu, projeto laboratorial desenvolvido semestralmente por alunos do componente curricular Laboratório de Planejamento e Pesquisa em Jornalismo sob supervisão da professora Janaina Dias Barcelos. O evento é aberto à comunidade em geral e as inscrições poderão ser realizadas no Sigaa. O lançamento acontece no auditório do Departamento.

 

A Tabu tem como princípio propor a luta pela ampliação de vozes das camadas sociais historicamente silenciadas, buscando oferecer maior abertura para debates que fogem da abordagem convencional dos veículos tradicionais de informação. O evento deste semestre trará, para uma roda de conversa, alguns personagens que aparecem nas reportagens para que contem suas experiências e possam interagir com a comunidade acadêmica, fazendo interlocução entre a sociedade e a universidade.

 

Todas as suas editorias contam com convidados, sendo elas: cultura, meio ambiente, periferia e direitos humanos. O lançamento pretende atrair tanto alunos do Departamento de Comunicação Social quanto de outros cursos, além de pessoas da comunidade interessadas na proposta da revista, familiares dos estudantes que atuaram na prática jornalística e fontes consultadas para as reportagens. A principal pauta do encontro é o espaço dado à defesa da democracia e dos interesses coletivos e o foco na abordagem jornalística. 

 

Será realizada uma roda de conversa com o DJ Frank Aleixo, professor natalense formado em Comunicação e Letras Inglês; Patrícia Silva Modesto, graduada em Psicologia e cursando especialização em terapia cognitivo-comportamental, sexologia clínica e terapia sexual; João Batista, natalense, quiosqueiro e vice-presidente da Associação dos Quiosqueiros da Praia de Ponta Negra, e Jorge Henrique, um dos idealizadores do projeto social Escola de Surf Morro do Careca. 

 

Na roda os convidados abordarão temas como: a cena cultural no centro da cidade e a importância da cultura diversa e inclusiva; a pressão que estudantes sofrem no ensino médio e na universidade e como lidar com isso para manter a saúde mental; desafios de quem vive na praia e depende do turismo; os riscos do avanço do mar, falta de infraestrutura e a importância desses trabalhadores para a cidade, além de mostrar os impactos dos projetos sociais na vida da comunidade.


Voltar