Sistema de bibliotecas da UFRN
Notícia
Encontro discute Rede Brasileira de Repositórios Digitais 05/08/2022

Heitor Queiroz Lopes - Agecom/UFRN

 

Com apoio da UFRN, será realizado, entre os dias 9 e 11 de agosto, o 1º Encontro da Rede Brasileira de Repositórios Digitais, cuja temática será Ciência Aberta e Repositórios Digitais. Realizado de forma virtual pelo canal VideoSaude, com transmissão das 9h às 13h, o evento tem como objetivo garantir a troca de experiências na área de repositórios digitais, destacar a importância do trabalho e das instituições da área, bem como expandir o debate sobre a atuação da Ciência Aberta. 

 

O encontro é organizado pelo Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) em parceria com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) e as Redes Regionais de Repositórios, com participação da UFRN, que é a coordenadora da Rede Nordeste de Repositórios. Embora seja aberto ao público geral, haverá distribuição de certificado de participação para os participantes inscritos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela página do evento. 

 

Após a abertura, acontecerão mesas-redondas temáticas. A primeira, na terça-feira, 9, será As instituições e as práticas de Ciência Aberta. Na quarta-feira, 10, a mesa terá como tema Preservação Digital de Repositórios, às 9h, seguida da temática Repositórios de Dados de Pesquisa, às 11h. Para finalizar, na quinta-feira, 11, os participantes poderão comparecer às mesas-redondas Incubadora de Repositórios de Dados, às 9h, e Curadoria e Qualidade nos Repositórios, às 11h, com o encerramento previsto para as 13h.

 

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) será representada pela bibliotecária Clediane Guedes, presidente da comissão gestora do repositório da UFRN e coordenadora da Regional Nordeste. Ela será a moderadora da mesa Preservação Digital de Repositórios, no dia 10. Além de Clediane, também Josealdo Tonholo, reitor da Universidade Federal do Alagoas (UFAL) e coordenador do Fórum dos Reitores da Região Nordeste representa os nordestinos e estará presente na mesa de abertura. É válido apontar que a UFRN também enviou intérpretes de Libras para apoiar a transmissão dos debates. 

 

Cleidiane Guedes reforça a importância das atividades do Encontro, sobretudo no que diz respeito à socialização da ciência. “A área de ciência aberta é de suma importância, já que possibilita, por meio dos repositórios, ampliar a disponibilização da produção científica, dados de pesquisas e recursos educacionais abertos, entre outras produções nas Universidades”, comenta. Ela realça ainda a importância da participação da UFRN, pois a instituição participa diretamente do movimento de Ciência Aberta e dos repositórios. “As expectativas estão bem positivas. Já contamos com cerca de 646 inscritos entre estudantes, profissionais da área e representantes de outras instituições”, completa.


Anexo: Programação

Voltar